Neo Entrevista

Warley Rocha, um jovem simpatizante da Toca de Assis, nos conta em entrevista suas experiências vividas na Fraternidade. Natural de Vitória da Conquista, Bahia, tem 20 anos, e hoje se encontra desempregado.

Warley e Ir. Maria de Fátima

Entrevista concedida a João Paulo Costa Jr. e Raphael Jota

Neo Entrevista: Qual sua opinião sobre a toca de Assis?
Warley:
A Toca é obra de Deus, semeada no coração do Pe. Roberto. Ela hoje é a manifestação da pobreza. Por excelência, nos ensina a amar a Igreja Católica e a amar os irmãos de rua como se fosse o próprio Jesus.

Neo Entrevista: Você era toqueiro?
Warley: Fui apenas vocacionado externo.

Neo Entrevista: O que é ser “vocacionado externo”?
Warley: É fazer acompanhamento vocacional por cartas. Depois participamos de dois encontros, um regional e o outro nacional. E vocacionado interno é fazer uma experiência de seis meses ou um ano dentro da Toca.

Neo Entrevista: Por que não chegou a entrar para a Toca?
Warley: Eu senti o chamado à vida sacerdotal e a Toca é um instituto não-clerical. Ou seja, os religiosos da Toca não podem receber o Sacramento da Ordem, com exceção do Padre Rogério. Essa decisão foi colocada no coração do fundador como regra de vida do carisma. Mas isso não impede que um Sacerdote que se sinta chamado a ser um Filho da Pobreza se torne um Toqueiro.

Neo Entrevista: E o que você pretende fazer?Seguir a diaconato?Será padre?
Warley: Eu me sinto chamado a me consagrar como celibatário, não sei exatamente se como Sacerdote ou apenas religioso. Tudo isso deposito nas mãos do Senhor. Pois é a Ele que pertence a minha vida. Que não se faça o meu querer, mais sim a Santissima Vontade de Nosso Senhor.

Neo Entrevista: Você já ouviu falar algo dentro da toca que deixa alguns toqueiros desiludidos?Você tem conhecimento se existem conflitos de obediência dentro da Fraternidade?
Warley: Alguns não concordaram com a quarta hora de adoração que Pe Roberto implantou dentro da Toca, outros acham que o Pe Roberto é melhor para a liturgia. Mas nada que interfira na consagração deles. Pois o que sai do coração do Pastor preenche o coração das ovelhas.

Neo Entrevista: Vários blogs e ex-integrantes da Toca de Assis nos informaram que às vezes acontecem várias festas com vinhos e cervejas dentro da Toca de Assis. O que um vocacionado externo teria a nos dizer sobre esse assunto?
Warley: Cada um fala o que quer, tenho certeza que você ouviu isso na “MONFORT”. O Sr. Fideli se diz católico, mas foi proibido de entrar em eventos de algumas dioceses, ele não fala pela igreja. Esses tipos de festas que foram mencionadas pela Monfort não passam de mentiras e injúrias contra a Toca de Assis, pois como conservador, ele não aceita esses novos institutos e movimentos que nasceram após o Concilio Vaticano II.

Neo Entrevista: Warley, você considera a Monfort uma ameaça a credibilidade da Toca?
Warley: Ameaça não. Mas acaba prejudicando a Fraternidade e a Igreja Católica, pois ela propaga mentiras não somente sobre a Toca, como de outros Institutos e Movimentos.

Neo Entrevista: O que você achou da ordenação do Pe Rogério para a Toca?
Warley: Uma graça, uma benção! Ele, como co-fundador, é o primeiro Sacerdote gerado no Carisma da Fraternidade. Auxiliará muito o Pe Roberto na direção espiritual da Toca.

Neo Entrevista: Entrevistamos alguns toqueiros que em off nos disseram que não concordam muito com a ordenação do Padre Rogério. Isso ocorre pelo fato de que o Pe Rogério até então “irmão Rafael”, fez voto de pobreza, e um padre tem privilégios como carros, uma verba  e outras coisas que enquanto toqueiro é necessário abdicar. Qual sua visão (alguém que participou ativamente) sobre este comentário dos toqueiros que não quiseram se identificar ?
Warley: Isso não vai interferir em nada. Mesmo ele tendo sido formado pela diocese, ele é consagrado de uma fraternidade, e como consagrado tem seus deveres, e entre estes está o voto da pobreza. Que todos saibam que o a ordenação do Padre Rogério foi aceita pelo Padre Roberto.

Neo Entrevista: Você já conheceu algum toqueiro que transgrediu os votos de castidade?
Warley: Sim. Afinal de contas trata-se de pessoas, e que carregam em si os desejos carnais e acabam cometendo certos pecados. Mas Jesus concedeu a Igreja a graça do Sacramento da Reconciliação (confissão), e que concede a estas pessoas a graça de unirem-se novamente a Deus, e terem uma nova chance. Eles NÃO são anjos e nem santos! Ao contrario: desejam a santidade, e santidade não é ausência de pecado e sim luta constante e reconhecimento que se é HUMANO. Estão sujeitos aos erros.

Neo Entrevista: O que você acha da discografia da Toca? Você curte as músicas da Toca? Qual música você gosta mais?
Warley:
A Toca traz em sua essência a beleza, e entre elas estão as suas músicas. Músicas que me ajudam numa experiência mais profunda do Amor de Deus por mim. Por isso a minha gratidão pelo ministério de música da Toca. São muitas músicas que eu gosto, entre elas está “Coração em Comunhão” e “Fiel Pelicano”.

Neo Entrevista: Você acha possível que no ambiente de recolhimento em que os toqueiros se encontram dentro das Casas Fraternas, pode haver regalias e privilégios para alguns e mais trabalho e mais obrigações para outros?
Warley:
Não. Não acho possivel isso, eles possuem o mesmo trabalho e a mesma espiritualidade. Pra ser verdadeiramente toqueiro precisa viver a RADICALIDADE do Carisma. E o Carisma exige DOAÇÃO!

Neo Entrevista: Você tem conhecimento de algum caso de homossexualismo entre os filhos e filhas da Toca?
Warley:
Sim. É uma realidade, não há como negar essa verdade. O problema está se este vier a viver a prática homosexual, isso é inadimissivel. Não se trata de preconceito e sim de fidelidade ao Evangelho. Pois todo homosexual deve ser amado e respeitado, e é convidado a viver a castidade, como todo e bom católico.

Neo Entrevista: Na sua visão quais são as principais deficiências da Fraternidade Aliança Toca de Assis?
Warley:
Quando se trata de Carisma eu me calo. O Carisma é Dom de Deus. O problema não está no Carisma, pois este é santo, o problema está no “vaso de argila” que o carrega. Por causa da sua frágil humanidade.

Neo Entrevista: Como você vê o futuro da Toca de Assis?
Warley:
O futuro pertence a Deus. Não se trata do nosso querer, e sim do querer de Deus. A Toca é Obra Dele. Que Ele faça o que quiser. A Toca nasceu do Altar de Deus e dos pobres e deve VIVER para o Altar. Mas desejo profunda que o Carisma não se perca, que se perpetue e mostre para o mundo que Deus está no pobre e é SACRAMENTO.


Neo Entrevista: Como um simpatizante da Toca você gostaria de deixar alguma mensagem para os jovens que desejam ingressar na Fraternidade? Que conselhos você daria para eles?

Warley:
Amados irmãos em Cristo Jesus, que o
Altar seja antes de tudo a Razão Única do vosso viver, que os pobres sejam os seus prediletos.

Se vocês se sentem vocacionados a este belo Carisma não TEMAM! Respondam a este apelo do Bom Deus. Permitam que os vossos corações seja CONSUMIDOS no Altar. Sejam verdadeiramente ADORADORES, é isso que o Pai procura: adoradores em espirito e verdade.

Sejam Jovens DESCOLADOS!

Acreditem que uma nova primavera de santos surge na Igreja! Que suas vidas PACTUEM o mundo e PROVEM que é POSSIVEL viver da ETERNIDADE!

Ouçam o que o nosso Grande Deus e Senhor diz: “quem quiser salvar a sua vida, vai perdê-la; mas, quem perde a sua vida por causa de mim e da Boa Notícia, vai salvá-la. (Mc 8, 34-35).

Pois “a pregação da cruz é loucura para os que se perdem, mas para os que são salvos, para nós, ela é força de Deus. Pois está escrito: ‘Destruirei a sabedoria dos sábios e confundirei a inteligência dos inteligentes’. Onde está o sábio? Onde o escriba? Onde o disputador desta era? Aliás, Deus não reduziu a loucura a sabedoria deste mundo? De fato, pela sabedoria de Deus, o mundo não foi capaz de reconhecer a Deus através da sabedoria, mas, pela loucura da pregação, Deus quis salvar os que crêem.” (I Cor 1, 18 – 21)

Obs.(Por favor, deixe as palavras em letra maiúscula, sublinhadas e coloridas, pois isso expressa o que eu  verdadeiramente sinto em relação a elas.)

Deixe um comentário

Filed under Depoimento, Entrevista

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s